Com capacidade para 96 espectadores, o Cineteatro Guarany foi inaugurado em novembro de 1999, com o objetivo de abrigar shows e espetáculos de pequeno porte, assim como sessões de cinema.

Armandinho Lucena realizou o espetáculo inaugural do cineteatro, que também servia de apoio aos eventos do Centro Cultural Palácio Rio Negro.  Depois, o espaço foi palco de diversas estreias de filmes e documentários amazonenses, assim como mostras nacionais e internacionais, conferências, oficinas de trabalho artístico, debates, palestras e ensaios.

Em 2018, recebeu a Mostra de Cineteatro Zé Celso, em homenagem aos 60 anos de criação da Companhia Teatro Oficina Uzyna Uzona. Foi a primeira vez que os títulos “Boca de Ouro” e “Cacilda!”, e a websérie “Bacantes” foram apresentados em vídeo na capital amazonense.

Seu nome é uma homenagem ao Cineteatro Guarany, famoso cinema que realizava projeção de filmes de grande expressão na cidade de Manaus, no século XX. O projeto cênico, inspirado na antiga casa de cinema, tem assinatura do administrador cultural, diretor e autor de textos teatrais Sérgio Cardoso.

Cineteatro Guarany. Foto: Michael Dantas.

ESPECTADORES DE EVENTOS NO LOCAL: Média de 3 mil ao ano

Funcionamento
Administração: De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Ocupação artística: De segunda-feira a sábado, das 9h às 21h

Endereço
Villa Ninita, anexo ao Palácio Rio Negro – Avenida Sete de Setembro, 1546 – Centro – Manaus/AM

Contatos
E-mail: dcculturais@cultura.am.gov.br
Telefone: (92) 3635-5832