Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica. Foto: Michael Dantas / SEC

Desde 2007, a Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica (OEAF) é uma companhia de formação pertencente aos Corpos Artísticos do Amazonas. Reúne em seu quadro, instrumentistas em formação e profissionais da Amazonas Filarmônica.

Ao longo da sua trajetória, a OEAF já apresentou importantes obras no Teatro Amazonas, como o poema sinfônico de Jean Sibelius (1865-1957); “Ponteio” (1953), obra para orquestra de cordas de Claudio Santoro (1919-1989); e a abertura-fantasia do balé “Romeu & Julieta” (1880), de Pyotr Tchaikovsky (1840-1893).

Também já participou de várias edições do Festival Amazonas de Ópera, como em 2016, apresentando a fábula musical “Pedro e o Lobo” (1936), de Sergei Prokofiev (1891-1953); E “Onheama”, de João Guilherme Ripper, executada pela primeira vez pela Orquestra Experimental, em 2014. Na 21ª edição do Festival, em 2018, destacou-se na montagem da ópera “Dessana Dessana”, de Adelson Santos.

A Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica participa também da programação das séries “Guaraná” e “Encontro das Águas”, promovidas pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura.

Ensaios: Sábados, das 9h às 12h, no Teatro Amazonas.

INTEGRANTES
Diretor Artístico e Regente Titular
Luiz Fernando Malheiro
Maestro Adjunto
Marcelo de Jesus
Maestro Assistente
Otávio Simões
Violinos I
Felipe Fernandes, Ting Hoy Alejandro Wong Gutierrez, Natanael Cartaxo, Bogdan Hudzelaits, Tito Lucas, Diego Alessandro, Agnaldo Barbosa e Giovanny Conte (monitor)
Violinos II 
Elis Miranda Green Esteves, Andreza Siqueira Gama, Aleksandra Kazak, Alice Rodrigues Gonçalves, Nayane Lira, Elvis Sampaio Machado, Karine Duarte da Costa, Thais Rodrigues de Melo Pontes e Elena Koynova (monitora)
Violas
Glenda Sousa, Nathália Duarte, Edilson Viana da Silva, Felipe Cruz, Raphael Lins Soares e Gabriel de Souza Lima (monitor)
Violoncelos 
Thiago Barbosa, Karen Carvalho, Luis Gustavo Garcez Costa e Anton Minenkov (monitor)
Contrabaixos
Diego Leite, Caíque André Carriel, Laércio Gomes, Luiz Adriano Moretti da Silva Araújo, Beatriz Silva Lourenço e Octávio Arese (monitor)
Flautas / Flautim
Abraão Araújo, Rodrigo Acioli e Arley Raiol (monitor)
Oboés
Ian Thiago e Simeon Spasov (monitor)
Clarinetes
André Loves (monitor)
Fagotes
Ronaldo Alves da Silva e Sergey Kuvshinchikov (monitor)
Trompas
Aline Fuziel, Felipe Silva Pereira, Lucas de Menezes Carvalho e Wolfgang Ebert (monitor)
Trompetes
Jociclei de Souza, Gabriel Costa Freitas e Rubens Souza (monitor)
Trombones
Caio Cesar Matos de Souza, Jarleson Santos Braz, Mauro Mota e Hugo Pinheiro (monitor)
Tuba
Wellington da Silva França e Oromides Rezende (monitor)
Tímpanos e Percussão
David Michael Min Young Na, Jessé Sicsú de França, Jonas Caio da Rocha Fonseca e Erick Figueiredo (monitor)
Inspetor
Leandro Machado
Montadores
André Luiz Alencar e Artur Freire Vilas Boas