O prédio foi construído em 1910, pela empresa inglesa Manaós Improviments, concessionária de serviços de saneamento, com a finalidade de ser uma usina de tratamento de esgotos da cidade. Com características neo-renascentistas, o espaço possui, ao lado direito, uma chaminé de 24 metros, construída com tijolos compactos refratários, coroada por um chapeló em ferro moldado. Por isso, ficou conhecido como Chaminé.

Tombado como Monumento Histórico do Amazonas em 1988, a edificação foi reformada em 1993, passando a funcionar como Centro de Artes Chaminé, abrigando a Pinacoteca do Estado, com exposições temporárias. Em 2002, o prédio recebeu nova reforma, já como Usina Chaminé, e foi reaberto como parte das ações do Programa de Preservação da Natureza da Memória Cultural e Histórica do Amazonas.

A Usina Chaminé dispõe, em sua área interna, de salas para exposições permanentes e temporárias, com projeção de filmes e oficinas infantis.  Na aérea externa conta com uma arena para espetáculos.

ESPECTADORES/VISITANTES: Cerca de 17 mil ao ano

Funcionamento
De segunda-feira a sábado, das 9h às 17h
Entrada gratuita

Endereço
Avenida Manaus Moderna, s/n – Centro – Manaus/AM

Contatos
E-mail: usinachamine@cultura.am.gov.br
Telefone: (92) 3633-3026