EnglishFrenchItalianPortugueseSpanish

CULTURADOAM

‘Amyipaguana’: oficinas e palestras gratuitas de dança, música e arte urbana têm inscrições abertas

Vagas são limitadas, e inscrições estão disponíveis nas redes sociais e Portal da Cultura

FOTOS: Tácio Melo/Secom e Michael Dantas/Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa

Ao todo, 18 oficinas e palestras gratuitas da Mostra “Amyipaguana” nas áreas da dança, música e arte urbana estão com inscrições abertas. A iniciativa do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, disponibilizou 420 vagas, sendo 25 vagas para as turmas de oficina e 20 para as de palestras.

Os interessados podem acessar o link https://forms.gle/DNoLCswUrojNjJ5WA e preencher o formulário de inscrição. As atividades serão realizadas no Teatro Gebes Medeiros, avenida Eduardo Ribeiro, 937, Centro, a partir do dia 19 de novembro.

De acordo com o secretário executivo e idealizador do projeto, Luiz Carlos Bonates, as atividades dão visibilidade a povos pouco reconhecidos pela indústria cultural.

“A proposta da Mostra ‘Amyipaguana’ é dar notoriedade aos invisibilizados, que muitas vezes são esquecidos pela grande indústria cultural. Conseguimos, por meio desse evento, prestigiar a arte desenvolvida por afro-indígenas e artistas periféricos”, afirma o secretário executivo.

Entre os dias 19 e 25 de novembro, os inscritos terão práticas de capoeira, iniciação à percussão, Hip Hop, artes circenses, dança afro, teatro popular, berimbau e palestras sobre grafite e outras produções culturais. As atividades acontecem nos turnos vespertino e noturno, no Teatro Gebes Medeiros.

Destaques
A iniciação à percussão e o Hip Hop infantil são alguns dos destaques das oficinas do Amyipaguana. As aulas serão ministradas pelo percussionista e professor de música, Abner Pires, e Casa Hip Hop, com conceitos básicos de ritmos considerados pilares da Música Popular Brasileira.

“Será ministrada de maneira prática e objetiva. A inscrição é livre a todos os públicos, sejam músicos ou não. Não é necessário, também, que os participantes levem instrumentos. É uma excelente oportunidade de introduzir o público no mundo da música”, esclarece o professor.

O coordenador da Casa Hip Hop, Paulo Mendes, acredita que o projeto incentiva a criatividade, por meio da dança, e visa manter as crianças longe da criminalidade. A oficina de breaking, ofertada no “Amyipaguana”, recebe crianças a partir de 7 anos.

“A nossa proposta é estimular o surgimento de novos talentos e também, acolher as crianças e adolescentes, mantendo-os longe da criminalidade, dando oportunidade de um futuro brilhante, por meio da dança”, afirma Paulo Mendes. “Os inscritos devem trajar camisa preta de manga longa e calça modelo tactel, para facilitar os movimentos”, pontua Mendes.

O artista Turenko Beça irá comandar uma palestra sobre uma das manifestações urbanas mais conhecidas do cenário artístico: o grafite. “Irei mostrar na palestra que o grafite é um elemento da cultura Hip Hop e existem características próprias dessa expressão artística no cenário amazonense”, antecipa Turenko.

Programação
Mostra ‘Amyipaguana’ – Oficinas e palestras
Local: Teatro Gebes Medeiros (Ideal Clube), avenida Eduardo Ribeiro, 937, Centro

Link para inscrições: https://forms.gle/DNoLCswUrojNjJ5WA

Dia 19 de novembro, sábado
Oficina: Capoeira Angola e Roda de Conversa
Horário: das 15h às 16h30

Oficina: Capoeira Angola
Horário: das 17h às 18h30

Oficina: Iniciação à Percussão
Horário: das 19h às 20h30

Dia 21 de novembro, segunda-feira
Palestra: Saberes Tradicionais e Legitimidade Cultural
Horário: das 15h às 16h

Oficina: Capoeira Infantil
Horário: das 18h às 19h
Idade mínima: 7 anos

Oficina: Hip Hop Infantil
Horário: das 19h às 20h
Idade mínima: 7 anos.

Oficina: Hip Hop Adulto
Horário: das 20h às 21h

Dia 22 de novembro, terça-feira
Palestra: Tecnologia de Reprodução Cultural
Horário: das 15h às 16h

Oficina: Capoeira Angola
Horário: das 18h às 19h30

Oficina: Artes Circenses/Malabares
Horário: das 19h30 às 20h30

Dia 23 de novembro, quarta-feira
Palestra: Palestinos em Manaus – Cultura e Identidade através da 1ª Geração
Horário: das 15h às 16h

Oficina: Dança Afro
Horário: das 18h às 19h30

Oficina: Teatro Popular
Horário: das 19h30 às 21h

Dia 24 de novembro, quinta-feira
Palestra: A Cultura da Capoeira no Amazonas
Horário: das 15h às 16h

Palestra: A Arte Urbana (grafite e grafismo)
Horário: das 16h às 17h

Oficina: Afoxé/Berimbau
Horário: das 18h às 19h30

Oficina: Capoeira Regional
Horário: das 19h às 21h

Dia 25 de novembro, sexta-feira
Palestra: Produções Artísticas de Pequenos Eventos (interior)
Horário: das 15h às 16h

FOTOS: Tácio Melo/Secom e Michael Dantas/Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa

Você pode gostar