EnglishFrenchItalianPortugueseSpanish

CULTURADOAM

Chico da Silva participa de vivência musical no Liceu Claudio Santoro

Foto: Divulgação

O cantor e compositor amazonense Chico da Silva foi o convidado especial da “Vivência musical” que aconteceu na manhã desta terça-feira (30/4), no Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro – Unidade Sambódromo. O encontro, promovido pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC), foi aberto ao público, com programação das 9h ao meio-dia.

Considerado um dos grandes músicos brasileiros, Chico da Silva coleciona sucessos, especialmente de samba, entre eles “É preciso muito amor’’, “Sonhos de menino”, “Pandeiro é meu nome”, “Sufoco”, “Tempo bom”, “Tudo mudou”. Destacam-se ainda as toadas, como “Vermelho”, “O amor está no ar” e “Festa da raça”.

Na vivência, que teve casa cheia, Chico dividiu suas experiências com o público, contando sobre sua trajetória, dificuldades e até mesmo sobre problemas de saúde que enfrentou ou longo da carreira.

“Foi muito compensador trocar essa experiência. A arte é uma grande batalha, você precisa sempre estar ali interagindo e descobrindo coisas novas, um mundo novo, uma forma nova de praticá-la. É assim que funciona com a musicalidade. Foi um momento muito honroso dividir isso com os alunos do Liceu”, disse.

Para Elcicley Costa, aluno do Liceu que participou da vivência, a iniciativa foi muito importante e inspiradora. “Foi muito bom o Chico passar a experiência dele para nos incentivar. Como ele falou hoje ‘Caso você não consiga conquistar o que deseja na primeira vez, nem na segunda, nem na terceira, persista!’”, observou. “É algo muito inspirador de ouvir, vindo de uma pessoa que já viveu tanta coisa quanto ele”.

Chico também cantou alguns sucessos e explicou um pouco sobre como funciona o mundo musical.

De acordo com o maestro Davi Nunes, eventos como esse têm como objetivo dar a oportunidade para que os alunos do Liceu busquem um direcionamento de carreira. “O Chico da Silva é um ícone! É um artista amazonense de relevância nacional e até internacional. Quando nossos alunos começam a entender a importância dele para o trabalho musical, eles entendem por que os professores trabalham com a música do Chico”, observou.

“Ele conta a história, e os alunos percebem a importância que ele criou na música. Eles ficam animados, e é um incentivo pra eles começarem a pensar em um rumo para suas carreiras. É importante e saudável essa convivência, e o Liceu está apto a proporcionar isso para nossos alunos e instrutores”, completou o regente.

Você pode gostar