EnglishFrenchItalianPortugueseSpanish

CULTURADOAM

Com investimentos do Governo do Estado, Festival de Cirandas de Manacapuru gera mais de 2,8 mil postos de trabalho

Evento acontece neste final de semana (26 a 28/08), e a expectativa é reunir 40 mil pessoas nos três dias do evento

Tácio Melo/Secom

O 24º Festival de Cirandas de Manacapuru acontece de sexta-feira (26/8) a domingo (28/8), na Arena Parque do Ingá, no município, distante 68 quilômetros de Manaus. Promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, o evento recebeu o investimento de R$ 3,3 milhões e retorna ao formato presencial neste ano, gerando 2.840 postos de trabalho.

Além dos investimentos, o governador Wilson Lima determinou a presença dos órgãos públicos para garantir a segurança da população que vai prestigiar o evento, que é o segundo maior festival folclórico do Amazonas. Serão mais de 30 órgãos estaduais e municipais envolvidos, e a expectativa é de reunir 40 mil pessoas nos três dias de festa no município, conhecido como Princesinha do Solimões.

“Além de proporcionar trabalho aos artistas amazonenses, a festa estimula a economia criativa, gera mão de obra remunerada em diversas áreas de atuação. São contratadas costureiras, marceneiros, aderecistas, montadores, eletricistas, entre outros postos diretos e indiretos, como é o caso dos vendedores ambulantes. Isso tudo é importante para movimentar a economia nesse período”, disse o governador.

A pavimentação recuperada da rodovia AM-010, que liga o município de Manacapuru a Manaus, é outro fator que promete tornar a 24ª edição do festival um grande evento, conforme avalia o secretário de Cultura e Economia Criativa em exercício, Candido Jeremias.

“Depois do Festival Folclórico de Parintins, o Festival de Cirandas de Manacapuru é considerado o maior do estado no âmbito folclórico. Neste ano, a expectativa de público é superior aos demais, tendo em vista o retorno do festival e a facilidade de acesso ao município”, destacou o gestor.

Regras de acesso

Para garantir a segurança dos visitantes, a equipe de operacionalização da Secretaria de Cultura realizou sucessivas reuniões com órgãos estaduais e municipais. Foram discutidos desde o regulamento do festival até estratégias de trânsito, segurança, assistência médica, limpeza urbana, entre outras necessidades, resultando no envolvimento de mais de 30 órgãos.

Dentre as medidas adotadas, foi preconizada a entrada de menores de 7 (sete) anos de idade na Arena Parque do Ingá. As normas seguem o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), com autorização do Juizado da Infância e Juventude da Comarca de Manacapuru, formalizada na Portaria nº 003, que vigora até o encerramento dos festejos.

Outra ressalva é que as crianças e adolescentes de até 14 anos incompletos podem permanecer no Parque Arena do Ingá até meia noite, acompanhados pelo responsável legal. Após este horário, somente aqueles que tiverem entre 14 e 18 anos, com o responsável, poderão ficar no evento.

Para o cadastro antecipado de menores, a Secretaria Municipal de Infância e Juventude de Manacapuru, disponibiliza o formulário no link https://bit.ly/3dS5ix2

. A fiscalização contará com representantes do Juizado da Infância e Juventude, Ministério Público, Conselho Tutelar, Polícia Militar e Civil.

Ainda como parte das medidas de segurança, garantidas judicialmente, está proibida a entrada e a comercialização de produtos que contenham objetos perfurocortantes, garrafas de vidro ou qualquer outro que possa colocar em risco a segurança dos visitantes.

Você pode gostar