Click to listen highlighted text!
EnglishFrenchItalianPortugueseSpanish

CULTURADOAM

Espetáculo ‘O Encanto do Natal’ promove inclusão social e acessibilidade no Teatro Amazonas

Com recursos disponíveis de audiodescrição e Libras, pessoas com deficiência prestigiam espetáculo natalino promovido pelo Governo do Amazonas

Promovendo a acessibilidade aos eventos culturais, o Teatro Amazonas recebeu nas três primeiras récitas do espetáculo “O Encanto do Natal”, mais de 50 famílias com pessoas com deficiência (PcDs). Sem a necessidade de agendamento para as apresentações, as PcDs e seus familiares encontram o acolhimento da equipe de inclusão da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado para conferir a montagem natalina.

Dispondo do recurso de acessibilidade comunicacional por meio da audiodescrição, para os deficientes visuais, e tradução em Língua Brasileira de Sinais (Libras) com uso do tablet, para os deficientes auditivos, o espetáculo natalino do Teatro Amazonas, todos os anos, é um dos mais procurados pelas PcDs.

A responsável pela Assessoria de Inclusão da pasta, Marssiclea Brito, conta que, para atender à demanda, o Teatro Amazonas conta uma equipe multiprofissional. “Todas as noites nós temos dois intérpretes de libras, dois audiodescritores e duas pessoas para recepcioná-los no hall, além do Gilson Pereira, da Biblioteca Braille do Amazonas, que faz o apoio à audiodescrição”, disse Marssiclea.

“O Encanto do Natal” é uma das atrações que compõem “O Mundo Encantado do Natal”, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura de Economia Criativa e Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS).

Gratuito e acessível a todos, o espetáculo dá sequência ao trabalho de inclusão de PcDs, que teve início no Festival do Amazonas de Ópera de 2009, como lembra o secretário de Cultura, Marcos Apolo Muniz.

“Todos os espaços culturais do estado têm esse compromisso em oferecer condições de acesso às pessoas com deficiência. O Teatro Amazonas é completo. Há 13 anos fizemos o recurso de audiodescrição no Festival Amazonas de Ópera, desde então todos os eventos culturais da secretaria foram adaptados para pessoas com deficiência auditiva, visual e física”, disse o secretário.

Público aprova
Quem apostou na atração foi o Omar Maia, que levou a filha Stephanie Santos, 22, para assistir ao espetáculo com um grupo de famílias da Associação de Pais e Amigos do Down no Amazonas.

“Todos os anos nós assistimos à peça de Natal e outros eventos que acontecem no Teatro Amazonas. É interessante, elas gostam da dança, a interação é importante para eles”, destaca Omar.

O espetáculo também foi acompanhado por Kennedy Kramer, deficiente auditivo, que utilizou o tablet com tradução em Libras. “Eu gosto muito das coisas que envolvem o teatro, a dança, e estar em comunhão com os amigos. Aproveito também para convidar os outros amigos surdos de Manaus e acabo propagando os eventos”, disse Kennedy, com a ajuda de um intérprete.

FOTOS: Tácio Melo/Secom e Divulgação

Você pode gostar

Click to listen highlighted text!