EnglishFrenchItalianPortugueseSpanish

CULTURADOAM

Festival de Cinema Italiano chega ao Cineteatro Guarany

Evento apoiado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, terá nove filmes inéditos em exibições gratuitas em Manaus

FOTOS: Michael Dantas/Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa

A 14ª edição do Festival de Cinema Italiano chega ao Amazonas com estreia na terça-feira (08/11), no Cineteatro Guarany, na Vila Ninita, anexo ao Centro Cultural Palácio Rio Negro, na avenida Sete de Setembro, Centro, às 18h30, com entrada gratuita ao público cinéfilo amazonense. O festival segue no local até o dia 19 de novembro, com sessões gratuitas, por ordem de chegada.

A mostra, apoiada pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Amazonas, é promovida pela Câmara de Comércio Italiana de São Paulo, em conjunto com a Embaixada da Itália.

Neste ano, o festival homenageia o diretor italiano Marco Bellochio, conhecido pelas obras “A China está próxima” (1967), “O traidor” (2019), entre outras. O evento, que traz 17 filmes inéditos produzidos entre 2021 e 2022, promove exibições em 49 salas de cinema de 38 cidades do país, com uma programação gratuita e acessível para todos.

Em Manaus, ao todo, nove filmes serão apresentados, confira a lista completa ao final da reportagem. A edição amazonense conta com uma retrospectiva de musas italianas e filmes inéditos.

O secretário de Cultura em exercício, Candido Jeremias, ressalta a importância desse grande festival para o público da Sétima Arte do Amazonas, além de promover um tipo diferente de entretenimento no estado.

“A Itália tem uma grande tradição de cinema, com um número expressivo de prêmios do Oscar pela categoria Melhor Filme em Língua Estrangeira. Ter a produção cinematográfica italiana no Amazonas, em uma mostra gratuita, é fundamental para a promoção da cultura italiana e uma importante oportunidade para os fãs amazonenses do cinema internacional”, afirma o secretário.

O Festival de Cinema Italiano traz uma lista de filmes inéditos entre os gêneros de comédia, romance e drama. A seleção inclui obras baseadas em histórias reais e algumas trazem adaptações de livros para as telas, dirigidas por diretores de sucesso como Mario Martone, Sergio Rubini, Gabriele Salvatores, Roberto Faenza, Paolo Virzi e Francesca Archibugi.

Programação do Festival de Cinema ItalianoManaus

Terça-feira, dia 8
18h30 – “A sombra do dia (L’ombra del giorno)”, de Giuseppe Piccioni
O filme apresenta uma história de amor, tendo como pano de fundo a Itália fascista e as leis raciais.
Classificação 16 anos.

Quarta-feira, dia 9
18h30 – “O conformista (Il conformista)”, de Bernardo Bertolucci
Marcello viaja a Paris em sua lua de mel para cumprir uma missão: vigiar um professor que fugiu da Itália assim que os fascistas assumiram o poder no país e eliminá-lo.
Classificação 18 anos.

Quinta-feira, dia 10
18h30 – “Comediantes (Comedians)” de Gabriele Salvatores
Seis aspirantes a comediantes cansados da mediocridade de suas vidas, ao final de um curso noturno de stand-up, se preparam para enfrentar sua primeira apresentação em um clube.
Classificação livre.

Sexta-feira, dia 11
18h30 – “O inocente (L’Innocente)”, de Luchino Visconti
Tullio, um aristocrata da alta sociedade italiana do século 19, está experimentando uma grande reviravolta em sua vida após trair a esposa.
Classificação 16 anos.

Dia 12 de novembro, sábado
18h30 – “Água e anis (Acqua e anice)”, de Corrado Ceron
Um “road movie dos salões de bailes” que conta a história de Olímpia, uma lenda dos bailes que, aos 70 anos, decide colocar a van de sua banda de volta na estrada.
Classificação 14 anos.

Dia 16 de novembro, quarta-feira
18h30 – “Ciúme à italiana (Dramma della gelosia)”, de Ettore Scola
Em uma festa do Partido Comunista, Oreste, um homem de meia-idade, conhece a sedutora florista Adelaide e logo se apaixona.
Classificação 16 anos.

Dia 17 de novembro, quinta-feira
18h30 – “Carrossel (Calcinculo)”, de Chiara Bellosi
Talvez seja verdade que a gente também cresce a pontapés. E é verdade que, quando o carrossel gira rápido, sentimos que estamos voando e nunca mais queremos descer.
Classificação 16 anos.

Dia 18 de novembro, sexta-feira
18h30 – “Pão, amor e fantasia (Pane, amore e fantasia)”, de Luigi Comencini
Na década de 1950, o comandante Antonio Carotenuto, (Vittorio De Sica) é enviado para servir nas montanhas da Itália.
Classificação 14 anos.

Dia 19 de novembro, sábado
18h – “Os irmãos de Filippo (I fratelli de Filippo)”, de Sergio Rubini
Sergio Rubini leva ao cinema um retrato da família de artistas De Filippo e conta com a grande interpretação de Giancarlo Giannini no papel de Eduardo Scarpetta.
Classificação livre.

Você pode gostar