EnglishFrenchItalianPortugueseSpanish

CULTURADOAM

Governo do Amazonas promove encontro para debater atrativos culturais do Centro Histórico de Manaus

Reunião no Palacete Provincial teve representantes da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, Amazonastur, agentes de viagens e guias de turismo

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, em parceria com a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), promoveu, nesta quinta-feira (02/06), um encontro com agentes de viagens e guias de turismo, para destacar os atrativos culturais do Centro Histórico de Manaus e apresentar propostas para o mercado turístico do estado. A reunião aconteceu no auditório do Palacete Provincial, na praça Heliodoro Balbi, no Centro.

A pauta contou com temas como pontos turísticos e culturais, horários de funcionamento dos espaços, além de informações necessárias para o auxílio ao turismo na capital. A gerente de eventos do Palacete Provincial, Márcia Fernandes, destacou que a parceria entre a Cultura e a Amazonastur convidou o trade turístico para apresentar os espaços administrados pelo Estado, com o intuito de estreitar o relacionamento entre eles.

“Estamos apresentando os museus, centros culturais, o Teatro Amazonas, para que possa ser divulgado de forma correta”, comentou.

Estiveram presentes representantes dos centros culturais, bem como a diretora de Desenvolvimento e Turismo da Amazonastur, Emmanuelle Pampolha, que ressaltou a importância das secretarias para o turismo local.

“A Amazonastur vem trabalhando com a Secretaria de Cultura justamente para desenvolver o turismo amazonense, em conjunto com a iniciativa privada, buscando atender essas demandas, além de passar informações e pontuações”, enfatizou.

A diretora do Teatro Amazonas, Sigrid Cetraro, também avaliou a reunião como produtiva e que a aproximação entre as secretarias com os empresários de turismo é muito importante para a otimização dos espaços culturais e para a engrenagem turística local.

“Tivemos a explanação sobre a história dos nossos espaços, horários de funcionamento e algumas adequações que todos eles receberão”, declarou a diretora. “Com isso, percebemos que é muito importante essa proximidade com o trade e com os guias turísticos do nosso estado, tudo isso para tornar os ambientes mais receptivos aos visitantes”.

Você pode gostar