Click to listen highlighted text!
EnglishFrenchItalianPortugueseSpanish

CULTURADOAM

Governo do Amazonas promove sétima edição da Expomulher, no Palacete Provincial

Evento destaca produções do empreendedorismo feminino no espaço histórico-cultural

Biojoias, brinquedos restaurados, doces e uma diversidade de artesanatos marcam a edição natalina da Expomulher, que acontece até este sábado (17/12). Realizada pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia, o evento acontece no Palacete Provincial, praça Heliodoro Balbi (antiga Praça da Polícia), Centro.

De acordo com a gerente de Eventos do Palacete, Márcia Fernandes, a Expomulher iniciou na quinta-feira (15/12) e, durante os três dias de realização, as mulheres empreendedoras têm a possibilidade de impulsionar a renda e ganhar visibilidade nos negócios.

“Essas empreendedoras aproveitam o espaço para receber seus clientes em um ambiente agradável, e muitos desses consumidores aproveitam para olhar as produções artesanais de todas. Dessa forma, contribuem com a lucratividade delas nesse período natalino”, diz Márcia Fernandes.

A empreendedora na área alimentícia, Edelene Portela, que atua na produção e venda de geleias de pimenta, enfatiza que a oportunidade é importante para atingir novos públicos.

“Nós saímos das vendas em casa e aproveitamos essa oportunidade de estar em um ambiente com mais público, tornando nosso trabalho mais conhecido. Além disso, aumentamos nosso ganho nessa época em que as pessoas procuram por mais opções de presentes de Natal”, informa a vendedora.

A restauradora de brinquedos, Andréia Freitas, informa que a feira é uma grande oportunidade de rentabilidade e de divulgação da sua técnica profissional.

“Na maioria das vezes, o brinquedo não é descartável, há um valor sentimental e até histórico, e por isso, eu restauro a aparência desses objetos já utilizados, realizo remoção de manchas e consigo devolver ao mercado com um preço em conta e aparência de novo”, conta Andréia.

O Palacete Provincial recebe o público com músicas animadas e diversidade de produtos e ofertas. Para o professor Gernei Santos, visitante do evento, a exposição foi além disso, revelando-se para ele uma oportunidade de achar objetos para um projeto pessoal, com bons preços.

“Sou caboclo da Amazônia, e acredito que iniciativas como a Expomulher são uma forma de valorização do trabalho feminino. Trazer isso até o Palacete facilitou minha procura por bonecos Ken, pois irei defender meu doutorado com bonecos caracterizados como cirandeiros e aqui encontrei um original restaurado. Fico feliz por ter conseguido”, diz Gernei Santos.

Outras informações sobre o evento podem ser encontradas nas redes sociais @culturadoam e Portal Cultura (https://cultura.am.gov.br/).

FOTOS: Grego Kellaris/Secretaria de Cultura e Economia Criativa

Você pode gostar

Click to listen highlighted text!