CULTURADOAM

‘Natal nos Municípios’ finaliza temporada nas ruínas da Vila de Paricatuba

Projeto que integra programação “O Mundo Encantado do Natal” totalizou mais de 31 mil espectadores, após percorrer 20 municípios

O projeto “Natal nos Municípios” encerrou as apresentações deste ano nesta segunda-feira (19/12), após alcançar mais de 31 mil espectadores em 20 municípios. A última ação promovida pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa e Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), chegou ao município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus), iluminando as ruínas de Paricatuba.

Apresentações musicais, peça teatral e a presença ilustre do Papai Noel levaram a alegria do “Mundo Encantado do Natal” para a comunidade.

A programação realizada pela pasta da Cultura iluminou e coloriu as paredes das ruínas, além de proporcionar a encenação do espetáculo natalino, orquestras e teatro do Liceu de Artes e Ofícios Claudio Santoro, composta por profissionais e alunos da instituição.

O diretor do Liceu, maestro Davi Nunes, explica que o projeto “Natal nos Municípios” integra as atrações do “Mundo Encantado do Natal”. Para ele, desenvolver as apresentações da ação garantiu um entretenimento natalino único para as comunidades.

“É um local emblemático, e por isso resolvemos fazer o evento aqui, contemplando as pessoas de Iranduba e também da Vila (de Paricatuba), pois elas merecem ver uma apresentação como essa”, afirmou o maestro, durante o encerramento do “Natal nos Municípios”, na segunda-feira.

Público
“Um espetáculo”. Assim Maria Elizete Paz, de 54 anos, descreveu o evento natalino nas ruínas. “Uma honra tê-los na nossa comunidade. Nós nunca tínhamos recebido um evento como este. Tenho certeza que foi um espetáculo lindo e que vai ficar marcado na nossa comunidade, e espero que retornem outras vezes. Tenho 54 anos de idade, moro aqui a vida toda e nunca tinha visto algo tão lindo”, declarou a moradora.

O entretenimento também não passou despercebido aos olhares curiosos das crianças, que assistiram atentamente a cada apresentação, tiraram fotos e abraçaram o Papai Noel. Samuel Guerreiro, de 11 anos, afirmou que a apresentação da orquestra e a peça foram as partes que mais chamaram atenção.

“As coisas que mais gostei foram as apresentações e quando aparecem aqueles três homens (os três Reis Magos da peça)”, contou Samuel.

FOTOS: Lucas Silva/Secom

Você pode gostar