EnglishFrenchItalianPortugueseSpanish

CULTURADOAM

Nota de pesar – Sidney Rezende

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa lamenta, com profundo pesar, o falecimento do músico Sidney Rezende, ocorrido neste sábado (9/4), em Manaus.

Sidney, de 65 anos, foi vítima de complicações após sofrer uma parada cardíaca no dia 1º de abril. Desde então ele estava internado no Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto.

O músico, cantor e produtor musical mineiro foi responsável por mudanças na estética das toadas de Caprichoso e Garantido, a partir dos anos 90 e é autor de inúmeras toadas que marcaram o Festival Folclórico de Parintins, como “Andirá”, “Pássaro Sonhador” e “Amor Proibido”, em parceria com artistas amazonenses.

Pela sua trajetória, o artista é tema do documentário “Sidney Rezende – Meu Enquanto Canto”, de Cristiane Garcia, contemplado pelo “Prêmio Feliciano Lana”, promovido pelo Governo do Amazonas, e que mostra a trajetória criativa e a transformação da música dos bumbás de Parintins através dos ritmos introduzidos por Sidney.

O Governo do Amazonas decretou luto oficial de três dias em homenagem ao artista.

O velório acontecerá no Centro Cultural Palácio Rio Negro, na avenida Sete de Setembro, 1.546, Centro. Horário a confirmar.

Você pode gostar