EnglishFrenchItalianPortugueseSpanish

CULTURADOAM

Série Encontro das Águas leva cerca de 2,5 mil pessoas ao Teatro Amazonas no fim de semana

Espetáculo “Playbill”. Foto: Michael Dantas/SEC

Aproximadamente 2.500 pessoas prestigiaram o fim de semana de estreias da Série Encontro das Águas, que levou ao palco do Teatro Amazonas influências de Amy Winehouse, musicais da Disney e da Broadway e trilhas de filmes de guerra. “All Star”, “Playbill” e “A Arte da Guerra” serão reapresentados nos próximos dias 26, 27 e 28, encerrando a quinta edição do projeto que une o erudito ao popular em apresentações protagonizadas pelos Corpos Artísticos da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).

Para o assessor artístico da série, Átila de Paula, a resposta do público, que lotou todas as sessões, deu ainda mais ânimo à produção e aos artistas. “Foi o maior desafio da Encontro das Águas até agora, pois nunca tínhamos feito espetáculos tão variados e grandes em estrutura. Mas tem sido uma experiência interessante e satisfatória, sempre com casa cheia e ótimo retorno da plateia. Seguimos animados para a segunda semana”, avaliou.

Foto: Michael Dantas/SEC

Na sexta-feira (19/07), a Orquestra de Câmara do Amazonas (OCA), sob regência do maestro Marcelo de Jesus, se juntou à banda Aliases para realizar uma viagem pelos hits do soul e suas vertentes, com enfoque nas músicas de Amy Winehouse. O espetáculo teve ainda a participação do Balé Folclórico do Amazonas.

“Playbill”. Foto: Michael Dantas/SEC

No sábado (20/07), foi a vez de “Playbill” surpreender o público com canções de “O Rei Leão”, “Frozen”, “A Família Addams”, “Chicago” e “O Fantasma da Ópera”, entre outros clássicos. Sob regência do maestro Otávio Simões, a Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica, o Coral do Amazonas, o Grupo Vocal dos Corpos Artísticos, o Balé Experimental do Corpo de Dança do Amazonas e 15 solistas convidados empolgaram a plateia e atenderam os pedidos de bis. A concepção cênica tem assinatura deMatheus Sabbá.

Concerto “A Arte da Guerra”. Foto: Michael Dantas/SEC

Com duas sessões no domingo (21/07), às 17h e 20h, “A Arte da Guerra” também empolgou o público com temas de grandes batalhas cinematográficas e interação ao vivo com integrantes da equipe do site Mapingua Nerd, que colaborou para a criação do concerto, estrelado pelo Coral do Amazonas, Grupo Vocal dos Corpos Artísticos e Amazonas Filarmônica, sob regência de Marcelo de Jesus. No hall do Teatro Amazonas, a escola de computação gráfica Gracom ainda montou um mini-estúdio, onde os espectadores puderam fotografar com acessórios alusivos aos filmes de guerra e escolher o cenário das fotos. As imagens serão postadas no Instagram da escola (@gracommanaus).

As novidades da Encontro das Águas agradaram a servidora pública Arcise Câmara. “Assisti aos três espetáculos, adorei e estou indicando para todos os meus amigos. A série superou as minhas expectativas”, elogiou.

Para a também servidora pública Fabíola Paula Cavalcante, o projeto ajuda a formar uma nova plateia para os concertos. “Acho muito legal essa iniciativa de juntar o erudito e o popular. Costumo vir ao teatro com frequência e, na série Encontro das Águas, percebo que vem um público bem diversificado, que não encontro normalmente. É maravilhoso e já estou com meus ingressos comprados para as próximas sessões”, disse.

Reapresentações – Os espetáculos serão reapresentados no próximo fim de semana. “A Arte da Guerra” terá sessão na sexta (26/07), às 20h; “All Star” no sábado (27/07), também às 20h, e “Playbill” no domingo (28/07), às 17h e 20h. No domingo (28/07), às 11h, haverá, ainda, uma apresentação especial, incluída a pedidos dos fãs, de “A Arte da Guerra – Sagas Fantásticas”, com os temas de Star Wars, Harry Potter e O Senhor dos Anéis. Todos os espetáculos são no Teatro Amazonas.

Os ingressos estão disponíveis na Bilheteria do Teatro e no site www.bilheteriadigital.com/teatroamazonas, ao preço de R$ 60 para plateia e frisas; R$ 40, para o 1º pavimento; R$ 30, para o 2º pavimento; e R$ 20, para o 3º pavimento. Todos os valores são referentes à inteira.

Você pode gostar